Download Free Premium Joomla 3 Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net
Conjunto de exames e testes realizados a pedido do médico do trabalho, de acordo com os riscos a que estão expostos os trabalhadores, tais como diversos exames de sangue, urina ou fezes. Alguns destes exames servem para avaliar o grau de exposição a determinado produto químico, sem necessariamente caracterizar doença. Entretanto, outros têm significado clínico próprio, decorrente da exposição elevada a determinado agente agressor suspeito, de modo a estabelecer o diagnóstico de doença ocupacional. São exemplos de exames laboratoriais frequentemente solicitados: Hemograma; TGO / TGP; Glicemia; Colinesterase; Chumbo; Urina Tipo I; Ácido Hipurico; Ácido Metil Hipurico; Protoparasitológico (Fezes); Coprocultura.
*Introdução ao mapeamento de riscos *Os grupos de risco ambientais *Objetivos do mapa de riscos ambientais *O passo a passo da elaboração do mapa de riscos ambientais *A gradação dos riscos existentes *A representação gráfica do mapa de riscos ambientais
A prevenção das doenças profissionais, assim como a dos acidentes de trabalho, é uma questão complexa em que as responsabilidades devem ser compartilhadas pelos empregadores, pelos trabalhadores e pelo Estado. Do ponto de vista técnico, a questão requer uma abordagem multiprofissional, isto é, exige a contribuição das ciências médicas, da engenharia, da higiene, da toxicologia, da ergonomia, da sociologia, da administração, do direito, da economia, entre outras áreas. No âmbito das empresas, as ações de segurança e saúde no trabalho são desenvolvidas e coordenadas pelos serviços de segurança e medicina do trabalho (SESMT) e podem ser sistematizadas em dois programas obrigatórios: um programa ambiental, o PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e um programa médico, o PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional.
Audiometria Tonal Limiar – é considerada um teste subjetivo que indica o grau e o tipo de perda auditiva. Audiometria Vocal – pesquisa a capacidade de compreensão da fala humana.
Suas ações englobam: - Criação de programas de qualidade de vida no trabalho; - Projetos voltados à promoção da saúde; - Prevenção de doenças ocupacionais; - Vigilância dos ambientes de trabalho.
 *As L.E.R. são Lesões por Esforços Repetitivos (definição mais antiga) * A D.O.R.T. (conhecidas como doenças osteomusculares relacionados ao trabalho) são responsáveis pela alteração das estruturas osteomusculares – tendões, articulações, músculos e nervos.
INSALUBRIDADE O Laudo de Insalubridade é o documento técnico-legal que estabelece se os empregados da empresa têm ou não direito ao recebimento do adicional de insalubridade (10%, 20% ou 40% do salário-mínimo), em virtude da exposição a agentes físicos, químicos e/ou biológicos, considerando os limites de tolerâncias estabelecidos pelas legislações e as proteções fornecidas pela empresa. Após a visita de um profissional habilitado da SSO, sua empresa receberá um documento, contendo as conclusões em relação à exposição dos trabalhadores aos agentes nocivos (causadores de insalubridade), bem como alternativas técnicas para evitar o pagamento dos adicionais de insalubridade, quando for o caso. PERICULOSIDADE O laudo técnico de periculosidade diz respeito às atividades e operações com: *explosivos *inflamáveis líquidos *inflamáveis gasosos *radiação ionizante *substância radioativa
O Laudo ou Análise ergonômica é um documento que mostra os riscos ERGONÔMICOS do objeto, do posto ou do profissional. O Laudo Ergonômico é obrigatório a todas às empresas que possuem empregados, cujas atividades ou operações os expõem a riscos, que por sua natureza ou métodos de trabalho, impliquem em esforços de levantamento, transporte e descarga individual de materiais, ou outros que exigem postura forçada e ainda, esforços repetitivos. Objetivo do Laudo Ergonômico - O laudo ergonômico tem por objetivo analisar as condições de trabalho dos setores administrativos e produtivos da empresa, ou mesmo de um estabelecimento particular como uma residência, sob os aspectos da Ergonomia e das condições Ambientais, visando fornecer subsídios para a empresa, ou para o solicitante, para implementar mudanças em sua organização e método de trabalho, no sentido de diminuir os riscos da ocorrência de acidentes e moléstias do trabalho.
O raio X de tórax é o exame radiológico mais comumente realizado. Fornece imagens do coração, pulmão, vias aéreas, vasos e ossos da coluna vertebral e do tórax. O procedimento é rápido e simples e consiste da aquisição de imagens através do aparelho de raio X, bastando que o examinado siga as orientações do técnico especialista em relação ao correto posicionamento.
A acuidade é marcada com dois números (por exemplo, “20/40”). O primeiro número representa a distância de teste em pés entre o quadro e o paciente, e o segundo representa a fileira menor das letras que o olho do paciente pode ler. Por convenção, a visão é medida na distância de 20 pés (6 metros). Por isso na primeira parte da fração (numerador) temos o número 20. Nesse exemplo “20/40” seria porque as letras da fileira “40” são suficientemente grandes para que um olho normal veja na distância de 40 pés (12 metros). A acuidade visual também pode ser medida por meio de equipamentos oftalmológicos, como o Ortho-Raiter. Para a distinção de cores, geralmente se utilizam as pranchas de Ishihara, que têm desenhados números que se distinguem do restante por apresentarem cores diferentes (alguns trabalhadores como os das indústrias químicas, de laboratórios de análises, em geologia, escritórios de desenhos coloridos, indústrias têxteis, entre outros, devem ter uma perfeita distinção de cores). Todos os funcionários da empresa empregadora devem realizar exame de acuidade visual no momento da admissão e dos exames periódicos. Vale ressaltar que nem todas as perdas visuais apresentadas por um trabalhador foram adquiridas em seu ambiente de trabalho. Para que a empresa previna a saúde oftalmológica do trabalhador em seu ambiente de trabalho, ela deve seguir todas as recomendações constantes no PCMSO (realização da acuidade visual; utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); etc) e no PPRA (exposição a produtos, materiais, etc que podem comprometer a visão do trabalhador; uso do EPI, etc). A Occupmédica conta com uma equipe de profissionais de saúde que realiza o exame de acuidade visual em sua própria sede, bem como pode deslocar os profissionais envolvidos até a empresa empregadora para realizar o exame In Company (sob determinadas condições pré-acordadas). Quando o exame de acuidade visual é feito In Company, ressalta-se a importância de algum funcionário designado pela empresa empregadora auxiliar os profissionais da Occupmédica no desenvolvimento desta tarefa (autorização para a entrada destes profissionais na empresa empregadora; desígnio de salas separadas com condições adequadas para a realização dos exames; organização dos funcionários que serão atendidos; e breve liberação dos funcionários das suas atividades laborais cotidianas para passarem pelo atendimento). Dúvidas freqüentes Quais funcionários devem realizar a Acuidade Visual? Todos os funcionários da empresa. Qual é a periodicidade do exame de Acuidade Visual? Normalmente anual, mas o Médico Coordenador do PCMSO pode pedir tal exame como uma periodicidade maior ou menor, se achar conveniente Existem déficits visuais que não foram contraídos no ambiente de trabalho? Sim. O que fazer quando um funcionário apresentar déficit de visão relacionado (ou não) ao trabalho? O funcionário deverá ser encaminhado a um Oftalmologista que emitirá um parecer mais preciso, trazendo a conduta a ser seguida pelo paciente. Onde a Occupmédica realiza o exame de Acuidade Visual? A Occupmédica realiza a Acuidade Visual em sua sede, à R. José Paulino, 2.163 (em frente ao Clube Fonte São Paulo) – Guanabara, Campinas/SP. Há também a possibilidade de realização desse exame na empresa empregadora (In Company), mediante determinadas condições a serem previamente acordadas. EXAMES COMPLEMENTARES A Hovermed conta com uma completa estrutura de profissionais e de equipamentos, para realizar todos os Exames Complementares em sua sede